Os conteúdos expostos nesta página não têm fins lucrativos. Temos como único objetivo manter vivo o legado de Michael Jackson.

"DANCING THE DREAM" - ("BERLIN 1989")



Eles odiavam o muro
Mas, o que podiam fazer?
Era muito forte para se quebrar
Eles temiam o muro
Mas, isso não faz sentido?
Muitos que tentaram pular foram mortos
Eles suspeitavam do muro
Mas, quem não o faria?
Seus inimigos se negavam a quebrar um tijolo
Não importa o quão avançadas estavam as negociações de paz.
O muro riu gravemente: "Estou ensinando-lhes uma bela lição", balbuciou.
"Se querem construir algo para a eternidade, não usem pedras.
Ódio, medo e desconfiança são muito mais fortes."
Sabiam que o muro tinha razão, e quase desistiram.
Apenas uma coisa os impediu.
Eles lembraram quem estava do outro lado: avós, primos, irmãs, esposas,
Rostos amados que ansiavam para serem vistos.
"O que há?", o muro perguntou tremendo.
Sem saber o que faziam, eles olhavam através do muro, tentando localizar seus entes queridos
Silenciosamente, o amor colocava em prática seu silencioso trabalho.
"Parem!", o muro gritou. "Estou desmoronando".
Mas era tarde demais. Um milhão de corações já haviam se encontrado.
O muro havia desmoronado.

6 comentários:

  1. Sinto-me com a alma lavada, depois q li esse post...estava triste , junto com uma data q não gostaria de estar lembrando, e vendo tantas reportagens mascaradas como homenagem a esse grande humanitário Michael Jackson, injustiçado em vida e agora na morte!!!até onde vai a ganãncia humana!!!Muito grata por ter escrito tudo aquilo q eu estava pensando depois de ver tantas mentiras,reportagens ressuscitando coisas do passado, q já foram ditas até pelo próprio Bashir, logo após a morte de Michael Jackson, foi a TV e disse q qdo ele esteve em Neverland, nada de anormal ocorria lá...e q os filhos do Michael eram muito educados, e normais, e ele era um pai dedicado e amoroso..tem no Youtube, essa declaração do Bashir...além de reportagens falsas ...já é do passado, desatualizadas...como pode? até o próprio Bashir já desmentiu o seu p´roprio documentário...e aqui...numa data q deveríamos respeitar a memória desse grande ser humano...ficam mostrando um lado totalmente falso do Michael...Muito grata por vc postar esse lindo e coerente e inteligente post!!!

    ResponderExcluir
  2. Oi Marisol,obrigada.
    Eu não sou de assistir esses programas, mas quando se refere a assuntos de interesse, a gente acaba sabendo através da Internet também.
    Também não quis defender a Globo não. Para mim, Globo, Record, Band, esses três principalmente, são farinha do mesmo saco ou quase isso. Aquele Datena é outro que fala mal de Michael sem ter o devido conhecimento. O SBT também não fica muito atrás, fala que ele fez 50 plásticas e outras inverdades para não dizer que não falaram.
    Mas a Record está ganhando neste quesito, quando é para falar de Michael.
    Aquele João Marcelo Bôscoli aparece em canais pagos para falar baboseiras sobre Michael também.
    No geral, está difícil separar o joio do trigo e não devemos nos iludir com essa gente.
    Confundiu-se liberdade de opinião, de imprensa com libertinagem de imprensa. Cada um escreve e fala o que bem entende e todo mundo acha que pode falar o que quiser dele.
    A mídia é incontrolável, o que podemos fazer é sermos uma mídia que tenha compromisso com o legado de Michael. Antigamente a gente dependia de revista, jornal e televisão. Hoje temos a Internet, uma ferramenta que também apresenta conteúdos difamatórios sobre ele, mas nós temos a oportunidade de pesquisar coisas interessantes e verdadeiras e, assim, fazermos o nosso próprio material.
    Fazendo nossa parte, deixaremos registros para outras pessoas encontrarem o outro lado da história. É um longo caminho.
    Infelizmente comunidades como o REI DO POP, por exemplo, preferiram seguir outros caminhos e agora estão "curtindo" somente.
    Cada um é cada um, temos que respeitar, mas acho que foram disperdiçado conteúdos importantes e necessários para a sequência do muito trabalho que ainda temos pela frente.
    A herança de Michael está aí nas nossas mãos e temos que dar sequência. Não dá só para "curtir" Michael Jackson. Ele fez muito pelo planeta, deu muito de si, nos ofereceu tanta coisa, agora é a nossa vez, o "bastão" foi passado para nós.
    Mas, enfim, cada um pensa de um jeito e vida que segue. Tem blogs e sites ótimos aí fazendo o seu trabalho. A renovação dos conteúdos sobre Michael já começou através desse trabalho.
    Abs

    ResponderExcluir
  3. Olá, sou formada em Comunicação e você não sabe como tenho vergonha e nojo desta midia mediocre que ai está!!Que vive a merce dos poderosos e a seu bem interesse!Se eu te falar, há 2 semanas que não ligo minha televisão, to até mais em paz!Por favor, até o mais mal educado percebe que o que há por detras dos meios de comunicação é uma malignidade total..Michael sofreu muito, na verdade ele foi usado por eles, quando percebeu do que se tratava tentou alertar, basta escutar they dont care about us e stranger in moscow, letras altamente criticas ao mundo capitalista, mas talvez poucos perceberam porque a midia tava tentando desviar o foco para o "homem louco".Incrivel que quando ele ia revelar o "grande segredo" eles o mataram..??Sinto que as pessoas, hj em dia, tem vergonha de falar que é ou foi fã de MJ!Meu povo, tenham orgulho do artista que Michael foi: um ótimo cantor, um dançarino mágico, disciplinado e um compositor de letras lindas e de quebra,ajudava o mundo de peito aberto com suas ajudas humanitárias..Michael nunca precisou aparecer e vender discos por meio de escandalos, drogas ou qualquer outro tipo de atitude suspeita..Foi a midia que invadiu sua privacidade e de caso pensando criou essa ladainha de falsidades.Engraçado que isso tudo só serviu para desprestigiá-lo enquanto as loucuras de cantoras como Madonna e essa ridicula marionete chamada Lady Gaga, que faz rituais de sangue no palco,veste fantasias demoniacas e faz séria apologia ao ocultismo..essas sim, são dois exemplos da falta de talento e de verdadeiras bizarrices..mas elas ninguem julga, sera porque hein galera??Vamos acordar meu povo, para o que está por detras disso tudo!!Vendo uma outra reportagem, tive o desprazer de ler que o simbolo de "i love you' que Michael faziz era patético..patético divulgar o amor, a paz a solidaridedade? En que mundo nós estamos?Michael tinha uma uma humildade e uma simplicidade que é de deixar qualquer um de queixo caido, a doçura do homem é o que movia milhares de pessoas em seus shows, o carisma sem contar no talento inegavel..Torço para, assim como seu produtor, Rodney Jerkins, disse em um video na internet, que ele tenha aceitado a Cristo 3 semanas antes de morrer!Porque amor ao próximo, temor e fé eram coisas que , se percebia, não faltaram a este homem que concerteza deixará muita, mais muita saudade!!!Abraços

    ResponderExcluir
  4. Oi Lara, tudo bem?
    Se não fosse pela fé, pela consciência que ele tinha de ser um missionário, ele não teria sido o Michael que nós aprendemos a conhecer.
    Todo missionário tem adversidades muito grandes. Ele começou a incomodar desde o lançamento de Off the Wall e a partir daí não pararam mais e a situação foi se agravando.
    A Madonna eu acompanhei até o final da década de 80. Sempre ouvi muita musica pop, acho que isso influenciou para que ouvisse as músicas dela. Mas, quando ela lançou Like a prayer eu parei de ouvir e de acompanhar.
    A Lady Gaga eu não posso falar porque não acompanho o trabalho dela. Adoro a Beyoncé, Celine Dion, a diva Diana Ross e outras mais.
    Na minha opinião, a música de hoje não tem a mesma qualidade que antes, a gente tem mais trabalho para escolher o que ouvir.
    Abraço

    ResponderExcluir
  5. esqueceram de colocar no meio aquele que se diz jornalista zeca camargo

    ResponderExcluir
  6. Oi Anônimo, tudo bem?
    São tantos que a gente até perde a conta.
    rsrsrs

    ResponderExcluir